Sobre

  • História
  • |
  • Objetivos

A idéia de fundar esta sociedade por parte daqueles que mais tarde foram seus primeiros diretivos se remonta a fins da década dos 80.


Nas reuniões de Scoliosis Research Society um grupo de assíduos concorrentes entre os que se contavam Carlos Tello, Esteban Nin Vivo, Carlos Lea Plaza, Francisco Sánchez Pérez Grueso, Carlos Villanueva, Enrique Izquierdo e Ignacio Arienza começaram a discorrer acerca da conveniência de ter reuniões entre especialistas de coluna com similares línguas e com parecidos problemas de infraestrutura.


Desta forma, durante a celebração das bodas de Prata da Scoliosis Research Society , celebradas em Minneapolis, Minnesota , se fez um acordo de realizar o primeiro encontro em Buenos Aires, coincidindo com o Congresso Argentino de Coluna Vertebral.


No ano de 1991 se realiza o primeiro Congresso Hispanoamericano na cidade de Buenos Aires, Argentina. Foi um Congresso de apresentação de trabalhos já que esse foi o conceito  que reinou desde o começo; nessa oportunidade se apresentaram 63 trabalhos provenientes da América e Espanha. Ali se realizou a primeira reunião formal de representantes de paises latinomericanos, à qual participaram: Carlos Tello e Aldo Castagno pela Argentina; Mario Hermosilla e Eugenio Galilea pelo Chile; Esteban Nin Vivo pelo Uruguai; Claudio Vilela Pedras, pelo Brasil; Germán Ochoa pela Colombia; Carlos Villanueva, Enrique Izquierdo e Francisco Sánchez Pérez-Grueso, pela España. Definiu-se de realizar um Congresso cada dois anos, cujas primeiras duas versões seriam consecutivas em Latinoamérica e a seguinte alternada com a España. Desta forma se nomearam a Santiago de Chile e a Colombia como as próximas sedes pela Latinoamérica e a Sevilla, a sede pela España. Reforçou-se a idéia de que a SILACO fosse uma Sociedade de Sociedades de Coluna Vertebral,  se acordou de difundir a criação da Sociedade e convidar aos outros  paises latinoamericanos e a Portugal a se unir a ela.


É assim que desde o começo das atividades científicas foi sugerido o desafio de organizar um Congresso Iberolatinoamericano cada dois anos, fato que com êxito crescente vem se realizando de forma interrompida.


1991 BUENOS AIRES, ARGENTINA | 1993 SANTIAGO, CHILE | 1995 SEVILLA, ESPANHA 1997 CARTAGENA, COLOMBIA | 1999 PUNTA DEL ESTE, URUGUAI | 2001 MADRID, ESPANHA


Em 1993, durante o Congresso de Santiago de Chile, se realizou a primeira reunião de Sociedades, estando representadas por primeira vez em forma oficial, as Sociedades da Argentina (Carlos Tello e Ernesto Bersusky); Uruguai (Esteban Nin Vivo e Carlos Lea-Plaza); Chile (Mario Hermosilla, Eugenio Galilea e Ignacio Dockendorff); Colombia (Germán Ochoa); Grupo Espanhol para o Estudo de Raquis (Ignacio Arienza e Roberto Deglané); Perú (José Castillo). No Congresso participaram o Professor Waldemar de Carvalho Pinto, em representação do Brasil, quem não assistiu à Assembléia, por não ser o Presidente da Sociedade Brasileira desse momento. Confirmaram-se as Sedes dos seguintes Congressos: 1995, Sevilla (Espanha ) e 1997, Cartagena (Colombia). Uruguai, foi designado como a sede para o año de 1999. Definiu-se escolher uma comissão de três membros para que se redigisse um estatuto primário de funcionamento, o qual ficou integrado pelos Drs. Carlos Tello, Carlos Lea-Plaza e Ignacio Dockendorff. Nomeou-se como coordenador científico o Dr. Eugenio Galilea.


Durante o Congresso de Sevilha se assinou a ata de intenção de Constituição da Sociedade, sendo os paises assinantes Argentina, Chile, Colombia, Equador, Espanha, México, Perú e Uruguai. Desta forma se nomeou uma primeira Junta Diretiva Provissional encabeçada pelos Drs. Carlos Tello, Germán Ochoa, Ignacio Dockendorff, Cesar Sebastian Bueno, e Carlos Lea Plaza.


No ano de 1997 no Congresso de Cartagena de Indias se assina a ata definitiva de Fundação SILACO e se aprovam os primeiros Estatutos, ampliando-se significativamente os paises participantes nesta oportunidade: ARGENTINA | COLOMBIA - MÉXICO - BOLIVIA | PARAGUAI - BRASIL | EQUADOR | PERU | NICARAGUA PORTO RICO | ESPANHA | CHILE | URUGUAI | PANAMÁ | VENEZUELA.


Durante este Congresso em solo colombiano se designa à nova Junta Diretiva encabeçada pelo Dr. Carlos Tello da Argentina como Presidente, o Dr. Ignacio Dockendorff do Chile como Secretário e os  Dres. Germán Ochoa da Colombia, Juan Méndez Huerta do México, Carlos Lea Plaza do Uruguay e Fernando Fernández Mansilla como Vocais.


No mês de Maio de 1999 se realiza nos Estados Unidos o primeiro Congresso das Américas de Patologia de Coluna Vertebral organizado pela NASS (North American Spine Society), a Sociedade Brasileira de Coluna Vertebral e SILACO. Nesse mesmo ano no mês de novembro se realiza o V Congresso da SILACO em Punta del Este, Uruguai, onde participaram profissionais de doze paises Iberolatinoamericanos. Nessa oportunidade se realiza a primeira reforma estatutária para modificar a Junta Diretiva, criando a figura do Vice-presidente, quem será o Presidente Eleito e se incluem por direito próprio ao Presidente e vice-Presidente da Sociedade Española, em qualidade de vocais, da mesma forma que um representante do país sede do próximo Congresso. Neste contexto se realizam as eleicões da nova Junta Diretiva que fica encabeçada pelo Dr. Germán Ochoa como Presidente, el Dr. Asdrúbal Silveri como Vicepresidente, el Dr. Ernesto Bersusky como Secretário e os Dres. David Moreta e Roberto Deglané da Espanha como membros Ad Hoc. A Junta Diretiva começou a sessionar já seja através de reuniões presenciais como virtuais através da internet. Para o ano de 2000 a sociedade já contava com mais de 800 membros.


No ano de 2001 se realiza o VI Congresso na cidade de Madrid onde se renovam as autoridades da Sociedade nomeando o Dr. Asdrúnal Silveri do Uruguai como Presidente para o período de 2001-2003. Na Assembléia Geral se estabelece que as datas aproximadas para as realizações dos Congressos, deverão ser próximas a 12 de Outubro, dos anos que assim corresponder, dessa forma todos os ortopedistas do continente poderão ter agendada a data para participar e/ou apresentar seus Trabalhos. Ao mesmo tempo se decide a sede do nuevo Congresso a acontecer no ano de 2003 na Ilha Margarita, Venezuela. México postulou sua candidatura para o Congresso de 2005 que será confirmada no Congresso de Ilha Margarita. Também se aprovou a participação da SILACO num novo Congresso Combinado com a NASS em 2002 e a chamada "Spine Week ", programada para o ano 2004, conjuntamente com a Spine Society of Europe; a ISSLS; a Seção Européia da Cervical Research Society e a Western Spine Association.


No decorrer destes anos se intensificaram as relacões entre todos os membros da SILACO e com outras Sociedades Internacionais ya seja nos Congressos, reuniões e por último desde sua página web, se tem perseguido de forma constante o objetivo de aumentar o intercâmbio de conhecimentos e experiências de todos aqueles que por toda a extensão da  Iberolatinoamérica compartem uma mesma profissão e a abraçãm com paixão.